Por meio de portaria publicada nesta segunda-feira (22) no Diário Oficial da União, a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil reconheceu a situação de emergência decretada pela Prefeitura de Florianópolis pós as fortes chuvas das últimas semanas.

Agora, o levantamento de prejuízos orçado em R$ 54 milhões pelo município será avaliado pela pasta nacional. O relatório da prefeitura leva em conta os estragos provocados no início do mês. O pedido foi feito em 11 de janeiro. O recurso só deve ser liberado após a secretaria nacional analisar o mapeamento municipal.

Quando esteve em Florianópolis, em 12 de janeiro, o secretário nacional da Defesa Civil, coronel Newton Ramlow, garantiu ao prefeito Gean Loureiro que o governo federal vai disponibilizar recursos para a recuperação da cidade. Ele também deu aval para que as obras iniciassem mesmo sem os recursos.

— Faça, mas não pague. Se pagar, não podemos indenizar depois. Então, pode fazer que o governo federal paga depois — disse Ramlow no dia da reunião com o prefeito.

Com a garantia do secretário nacional, a prefeitura já iniciou algumas obras como a construção de uma nova ponte no bairro Ratones, no Norte da Ilha. O recurso deve servir para a recuperação de pontes, pavimentação de ruas e drenagem. As escolas atingidas pelas chuvas também devem ser contempladas com obras de manutenção.

Band FM Itajaí
Fonte:DC